PROJETO  ó  CONSTRUÇÃO  ó  MONTAGEM  ó  EQUIPAMENTOS    PARA   HALOTERAPIA  ó  PISCINA DE FLUTUAÇÃO  ó  SPAS COMPLETOS

Massagem Spazziom

UM NOVO E ESPECIAL CAMPO DE NEGÓCIOS

Atualmente o campo das Terapias Integrativas e Complementares no Brasil contempla um vasto mercado de negócios que envolve a busca da população por mecanismos naturais de prevenção de doenças, recuperação e melhoria da saúde.

Fazem parte dele a homeopatia, as plantas medicinais e fitoterápicas, a medicina tradicional chinesa e, nela, a acupuntura e a fitoterapia chinesa entre outras terapias, a medicina antroposófica e o termalismo social - crenoterapia, que, inclusive, já foram institucionalizados no Sistema Único de Saúde (SUS).

Vale dizer que a Medicina Integrativa é definida como “a combinação de sistemas antigos de cura com a biomedicina moderna; a valorização do relacionamento terapeuta-paciente e da comunicação; a consideração da pessoa de forma integral; a utilização de evidências; e o enfoque na saúde, na cura e na prevenção de doenças”.

MELHOR QUALIDADE DE VIDA

Segundo estudo dos especialistas Márcia Aparecida Padovan Otani e Nelson Filice de Barros, da Faculdade de Medicina de Marília, a demanda por alternativas mais naturais de tratamento iniciou-se em 1960, motivada por vários fatores.

Alegam os especialistas que a mudança do perfil de morbimortalidade, com a diminuição das doenças infectocontagiosas e aumento das doenças crônico-degenerativas em alguns países foi um dos fatores propulsores para o aumento dessa demanda.

Também o aumento da expectativa de vida. A crítica à relação assimétrica de poder entre médicos e pacientes, em que o profissional não fornece informações suficientes sobre o tratamento e cura do paciente.

Segundo os pesquisadores, existe a consciência de que a medicina convencional é deficiente para solucionar determinadas doenças, especialmente as crônicas.

Ambos citam ainda a insatisfação com o funcionamento do sistema de saúde moderno. Por incluir grandes listas de espera e restrições financeiras.

Além disso, os pesquisadores acentuam a informação sobre o perigo dos efeitos colaterais dos medicamentos e das intervenções cirúrgicas.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE - OMS

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o campo das práticas integrativas e complementares contempla sistemas médicos complexos e recursos terapêuticos de medicina tradicional e complementar/alternativa (MT/MCA).

“Tais sistemas e recursos envolvem abordagens que buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de agravos e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade”, enfatiza a instituição.

Para a OMS outro fator que ganha atenção é a visão ampliada do processo saúde-doença e a promoção global do cuidado humano, especialmente do autocuidado.

MEDICINA NATURAL GANHA GOSTO POPULAR

As Terapias Integrativas e Complementares estão em plena ascensão no mundo. Para citar apenas um exemplo, o setor de fitoterápicos, de acordo com o The New England Journal of Medicine, a Europa chega a consumir US$ 5 bilhões desses produtos em um ano.

Já Alemanha e França são os países onde a procura é maior. O governo alemão gastou US$ 283 milhões ao investir na prescrição desse tipo de medicamento. A França segue o mesmo ritmo.

Para se ter ideia, segundo estudo do Instituto Brasileiro de Plantas Medicinais (IBPM), o mercado de medicamentos fitoterápicos movimenta de US$400 a U$500 milhões por ano no Brasil.

UM MERCADO EM EXPANSÃO

No mundo, estima-se que o gasto com plantas medicinais chegue à cifra de US$ 27 bilhões. De acordo com pesquisa da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com 400 entrevistados, 43% disseram usar ou já terem usado a medicina natural. Sendo que, 16% procuram primeiro a medicina natural quando ficam doentes.

Com 14,6%, a fitoterapia aparece em terceiro lugar quanto às mais usadas, atrás apenas da homeopatia (46,6%) e da acupuntura (13,8%).

TERAPIAS INOVADORAS CONSTROEM UM MERCADO EM ASCENSÃO

Analisando esse cenário, mais especificamente a Haloterapia e os Banhos de Flutuação (que fazem parte da medicina Integrativa e Complementar, com tecnologia nacionalizada a partir das parcerias efetivadas entre o Spazziom e outras empresas, contemplam um vasto campo de negócios, que vai ao encontro da tendência que envolve a busca da população por mecanismos naturais de prevenção de doenças.

Essas metodologias já são sucesso na Europa e Estados Unidos, e chegam somente agora ao Brasil e América Latina, como no caso da Haloterapia, depois de mais de 170 anos da primeira observação de seus efeitos e da descoberta de quanto bem fazia, nas minas geladas de sal da Polônia, como alternativa para aliviar problemas respiratórios.

No Brasil, respaldada pelo conceito denominado Blue Ocean, em alusão ao mercado ainda inexplorado, mas com incrível potencial de expansão, as terapias abrem grande campo para a difusão e tem fortes atributos para seguir o caminho natural de sucesso obtido no exterior.

A descoberta foi objeto de estudos e as condições do microclima das cavernas de sal, a partir das conclusões surpreendentes desses estudos, passaram a ser reproduzidas com grande benefício à população.

Estudos científicos, livros, congressos proliferaram comprovando tecnicamente os resultados de melhorias para diversas patologias, sendo já incorporada por alguns países em seus serviços públicos de saúde.

DIFERENCIAL SPAZZIOM PARA NOVOS NEGÓCIOS

Considerando que os equipamentos e sistemas tanto da Haloterapia como dos Banhos de Flutuação do Mar Morto somam com diferenciais de resistência, durabilidade, funcionalidade e praticidade, a tecnologia começa a fazer o caminho inverso. Mal aportou por aqui, ganhou potência e já visa incursões pelo mercado internacional.

O acréscimo inovador do Spa Cube System que permite montar um Spa completo sob encomenda, em tempo muito inferior ao necessário a uma construção tradicional, usando-se estrutura de em aço e vidro, com tipos de acabamentos e tamanhos opcionais, é outro grande empreendimento do Spazziom, que ajudará investidores na montagem do seu negócio de alta rentabilidade em prazo curto de retorno, precisando apenas de algumas semanas para sua construção.

Sendo um novo modelo de negócio, com um histórico bem sucedido, de eficácia e resultados com comprovação científica, a Haloterapia e os Banhos de Flutuação despontam como excelente alternativa de negócios.

PROFISSIONAIS COMPETENTES E RESULTADOS SURPREENDENTES

Com base na perspectiva integrativa, acredita-se que a maior justificativa para o crescimento dessas terapias no país é o número de pacientes e profissionais que se interessam por elas.

Englobam os movimentos sociais para legitimar e legalizar as práticas em diversos países, conforme direcionamento preconizado pela Diretiva Europeia para equipamentos médicos.

Portanto, como novo paradigma no campo da saúde, a Haloterapia e os Banhos de Flutuação já nascem fortes no Brasil.

MERCADO BUSCA SAÚDE INTEGRAL

Nasce agora não só a pluralização de um novo modelo de negócio. Mas, uma solução potencializada por um conjunto de fatores que reforça a construção da saúde de forma integral.

Sobretudo pela importância na prevenção, tratamento e efetividade das técnicas terapêuticas da Haloterapia e Banhos de Flutuação na manutenção da saúde.

A somatória desses fatores, entre outros inúmeros, que ainda embasam o crescimento das terapias integrativas e complementares no Brasil e no mundo é que, naturalmente, comprovam razões essenciais para que sejam absorvidas essas novas tendências de negócios.

Além, disso, não se pode deixar de considerar o quanto é gratificante atuar com propostas de saúde que melhoram o corpo, a mente e equilibram essencialmente o Ser Integral!